Semana Mundial do Brincar
Semana Mundial do Brincar mobiliza Escolas do Bem em várias cidades do Estado de SP e em MG
30 de maio de 2019
asma bonquiolite, rinite, sinusite
Doenças de inverno: saiba quando buscar ajuda médica
3 de junho de 2019

Especialista dá dicas de como tornar a amamentação mais prática e confortável 

confortável

Todo cuidado durante o período da amamentação é muito bem-vindo para garantir que esta etapa da maternidade seja a mais confortável possível para mãe e bebê. Amamentar é um processo de aprendizado e conexão entre a mulher e a criança que pode trazer alguns desafios.

Embora não haja nenhum cuidado específico que deva ser tomado em relação às mamas, a especialista e consultora de amamentação, Eneida Souza, selecionou algumas dicas que facilitam o processo do aleitamento materno. Veja:

Procure uma posição confortável e um ambiente tranquilo: este é um dos primeiros passos para garantir o sucesso da amamentação. Fatores externos como barulho e muita movimentação podem atrapalhar a mãe e bebê no início do aleitamento materno.

Encontre a pega correta: encontrar a pega correta é um desafio para algumas mães, então,  tenha  em  mente  que  o  mamilo deve estar sempre na direção da boca do bebê. Para isso, estimule-o a abrir a boca e, rapidamente leve-o até a mama. É comum que demore um pouco para que a criança inicie a pega e comece a ordenha do leite materno, não se preocupe, pois, este aprendizado faz parte do processo.

Massageie as mamas com movimentos circulares: antes do bebê iniciar a sucção do leite, faça movimentos circulares massageando a mama e verifique se a aréola está com a pele amolecida. Se estiver muito esticada e tensa, será preciso retirar um pouco do leite antes de iniciar a amamentação para que o bebê tenha maior facilidade para se alimentar.

Reposicione o bebê caso sinta dor durante a amamentação: enquanto amamenta, a mãe pode sentir um desconforto inicial – que desaparece após algumas sucções –, já que os seios são uma região muito sensível para a maioria das mulheres. Caso a dor persista durante a mamada, retire o bebê do seio e reposicione-o na mesma mama ou na outra, caso seja mais confortável.

Higienização as mamas: quanto a higiene dos seios, dois banhos por dia e manter o sutiã seco são  suficientes.

Cuidado com as fissuras: para evitar fissuras, atenção à pega correta! Após todas as mamadas utilize lanolina 100% purificada pois ela irá hidratar a pele contribuindo para que a amamentação ocorra com mais tranquilidade. Nos casos em que a rachadura já tenha ocorrido ou esteja muito profunda, a indicação é massagear as mamas e drenar manualmente o leite. O uso da concha protetora à base de silicone também ajuda a preservar o seio do contato direto com o tecido das roupas e atrito do sutiã, além de permitir a ventilação dos mamilos auxiliando na cicatrização.

A especialista alerta ainda que a amamentação é um processo que exige muita dedicação, auxilio e orientação. O resultado é um prazer imensurável em conseguir oferecer o melhor alimento ao bebê e continuar o vínculo, a construção e o desenvolvimento de um amor incondicional.

Fonte: Eneida Souza, consultora de amamentação.

Leia também:

Saiba quais são as formas de tratamento e prevenção durante o processo de amamentação

Amamentação na primeira hora após o nascimento reduz mortalidade

Amamentação x atividade física: Esclareça as dúvidas mais comuns das mamães

Este conteúdo é publicado na revista NA MOCHILA e compartilhado pelo Programa Escolas do Bem, do Instituto Noa.