O que é?

Trata-se de um projeto inovador de responsabilidade social, que reúne escolas de todo o Brasil para promover o bem-comum, da cidade onde cada instituição atua. Porém, também ajuda no fortalecimento da gestão escolar, promove a capacitação dos educadores e orienta as famílias quanto aos cuidados para o desenvolvimento integral da criança.

COMPROMISSO

Uma ESCOLA DO BEM assume o compromisso de contribuir para o alcance de sete dos 17 Objetivos de Desenvolvimento da ONU, relacionados ao desenvolvimento infantil:

ODS2 – Melhoria da Nutrição

ODS 3 – Saúde de Qualidade

ODS 4 – Educação de Qualidade

ODS 10 – Redução das Desigualdades

ODS 12 – Consumo Responsável

ODS 16 – Cultura da Paz

ODS 17 – Parceria pelas metas



  • “O Programa Escolas do Bem abre as portas para que possamos aprender e ensinar nossos alunos como construir um mundo melhor, e ainda contribuir com informações importantes para toda a família.”
    Simone Toral
    Escola Pé de Moleque
  • “Acreditamos na união de profissionais que têm como propósito trabalhar de uma forma significativa e peculiar, não esquecendo que a criança tem que ser a personagem principal de tudo isso. A partir do momento em que se aprimora o tratamento, a alimentação e o profissionalismo, tudo melhora e passamos a ver o crescimento. O Projeto Escolas do bem veio para ficar e fazer a diferença!"
    Kátia Vergili
    Chácara Viva a Vida (Sorocaba - SP)
  • “O Colégio Quintal da Vila reconhece a criança como protagonista de sua própria história. Buscamos promover o acesso à cultura, educação e principalmente fortalecer o senso de cidadania. Junto ao programa Escolas do Bem, conseguimos compartilhar e ampliar boas práticas e experiências, fortalecendo assim a visão de que é possível transformar o mundo por meio de uma educação para a sociedade”.
    Simoni Lima
    Colégio Quintal da Vila (Sorocaba – SP)

PRIMEIRA INFÂNCIA

Quando se trata de orientar os pais, o projeto trabalha com temas relacionados ao desenvolvimento integral da criança de 0 a 6 anos. As famílias recebem diariamente informações sobre Gestação, Amamentação, Saúde da Criança, Comportamento, Alimentação e Importância do Brincar. São notícias redigidas em uma linguagem acessível a todos os públicos, tendo como fontes instituições que são referência no tema da primeira infância. O objetivo dessa orientação é o de fortalecer os vínculos afetivos entre as famílias, estimulando um maior contato entre pais e filhos e contribuindo para a melhoria do bem-estar de toda a família.

RESPONSABILIDADE SOCIAL

O programa ESCOLAS DO BEM está alinhado com as estratégias mais avançadas de responsabilidade social corporativa. A proposta é trabalhar com todos os públicos (stakeholders) com os quais sua escola se relaciona e fortalecer sua imagem. Como isso acontece?

Seus COLABORADORES têm acesso gratuito a uma plataforma de formação continuada, onde poderão ampliar seus conhecimentos sobre temas relacionados à prática pedagógica, como também a outros assuntos importantes para o seu desempenho profissional. Essa proposta de capacitação desperta no profissional o orgulho de pertencer a uma Escola do Bem, criando um vínculo afetivo e motivador entre o colaborador e a escola.

Os PAIS DOS ALUNOS têm acesso diário a notícias que vão aumentar seu conhecimento sobre os cuidados com a criança. Ter esse vínculo fortalecido contribui para melhorar o relacionamento entre família-escola.

• Você pode estender o acesso ao conteúdo do programa a OUTRAS FAMÍLIAS (moradores do seu bairro, parentes ou amigos dos alunos, parentes dos colaboradores etc.) .

Os benefícios são muitos: você amplia sua visibilidade e sua atuação, tanto dentro como fora da escola; ganha notoriedade, aumenta o número de indicações por parte dos pais e dos colaboradores (público interno), melhora o nível do seu atendimento, entre outros. As ações de Responsabilidade Social Corporativa representam hoje a melhor fonte de retorno financeiro para as organizações, já que atuam na melhora de sua REPUTAÇÃO.

Resultados 2016

RESULTADOS

Todo projeto de responsabilidade social deve ser avaliado, para verificar a eficácia do trabalho. Anualmente (em dezembro), são realizadas pesquisas com os públicos beneficiados, que geram resultados norteadores para a sequência do projeto.

Veja os resultados que já conseguimos


2016 2017

CAMPANHAS

- Feira de Troca de Brinquedos - Pode ser realizada dentro da escola, para os alunos e a comunidade. Em algumas cidades, a feira é promovida juntamente com a prefeitura, em algum parque ou praça publica.

- Lacre Solidário - Em algumas cidades também é possível fazer a campanha Lacre Solidário, que troca garrafas pet com lacres de alumínio por cadeiras de rodas (verificar possibilidade em sua cidade).

- Semana Mundial do Brincar – Nossas escolas podem contribuir com esse movimento mundial, incentivando e conscientizando as famílias sobre os benefícios do brincar.

- Deixe ou Leve – Trata-se de um espaço na área externa da escola (na calçada), que será sinalizado e adaptado para que o público interno ou externo (comunidade em geral) deixe o que não usa mais ou leve o que precisa.

- Sessão Pipoca – Realização de sessões de cinema, a partir de uma parceria com o Instituto Alana, que coordena o portal Videocamp, com o objetivo de ampliar o conhecimento dos pais e educadores.

- entre outras

SELO_ESCOLA_DO_BEM_2ppp

SAIBA MAIS

Quer saber como ser uma Escola do Bem?

Você sabe como implantar um projeto de responsabilidade social em sua escola?

Como conseguir melhores resultados financeiros e ainda contribuir para uma grande transformação em sua cidade?

Por que o programa é focado no desenvolvimento da Primeira Infância?

Saiba mais

 
5 Razões para ser uma
Escola do Bem
 
 

Responsabilidade Social Empresarial (RSE) é quando uma empresa se engaja em projetos de melhoria do bem-estar do seu público interno (alunos, funcionários, acionistas...) e externo (bairro, meio ambiente, parceiros...), de forma contínua. Não confunda com ações de filantropia ou de assistencialismo. Trata-se de uma mudança comportamental e de gestão, exigindo total transparência, ética e valores em relação aos parceiros.

Deve ter o engajamento de seus líderes (proprietários, diretores), para que as ações sejam sentidas na cultura da empresa (na “alma” da escola, por exemplo), no comportamento de todos os envolvidos, na busca por resultados – e que essas ações e comportamentos contagiem e sensibilizem a todos os seus públicos (stakeholders).


52

Escolas participantes

350

Artigos produzidos

52

Postagens no Facebook

Escolas Participantes



PINGUINHO DE GENTE

Itu/SP

Educare

São Roque/SP

Aconchego dos Anjos

Sorocaba/SP

Escola Quintal Do-Ré-Mi

Sorocaba/SP

Escola Quintal da Vila

Sorocaba/SP