aprendizado
Conheça os alimentos que podem melhorar o aprendizado das crianças
11 de dezembro de 2018
pai
Pai e filha: saiba como essa relação deve ser construída?
12 de dezembro de 2018

Atividades lúdicas são fundamentais na educação infantil

atividades lúdicas

Crianças têm facilidade com atividades lúdicas, pois potencializam o desenvolvimento de características motoras, emocionais e cognitivas como: raciocínio lógico-matemático, percepção, memória, aprendizado e atenção, dessa maneira, desenvolvem bons estímulos no cérebro que ainda está em formação.

O professor Johan Huizinga, autor do livro “Homos Ludens”, pontua que os jogos, quando inseridos no cotidiano da educação e das relações sociais, passam a dar sentido a qualquer tipo de ação.

O grande diferencial do ensino lúdico é um aprendizado baseado em jogos e exercícios de interação, que quebram com o padrão de escola tradicional e a transformam em um ambiente amigável. Desse jeito, é possível potencializar características humanas fundamentais nas crianças, como autonomia, criatividade, linguagem e cooperação, ao mesmo tempo em que aprendem uma língua estrangeira de forma natural e com atividades inerentes ao universo infantil.

César Lucchesi, diretor de escola de inglês, ressalta que para alcançar sucesso nesse tipo de método são necessários educadores preparados e, principalmente, que entendam a importância do ensino lúdico.

“As brincadeiras aplicadas não podem ser meras brincadeiras, precisam ter um sentido pedagógico e ir além do que é comumente ensinado na sala de aula. Só assim é possível aliar o bem-estar dos pequenos ao aprendizado de inglês”, finaliza.

 

Fonte: César Lucchesi é diretor da escola Pingu’s English.

 

Leia também:

 

Ambiente familiar influencia comportamento dos filhos, afirma especialista

 

Relacionamento entre pai e mãe influencia o comportamento das crianças

 

Saúde mental infantil: como os pais podem cuidar do bem-estar dos filhos

 

Este conteúdo é publicado na revista NA MOCHILA e compartilhado pelo Programa Escolas do Bem, do Instituto Noa.